cisalhamento do solo

ensaio de compressão

Sondagem de Solo

Sondagens e Ensaios de Campo

Sondagem a Trado (ST) com coleta de amostra

Sondagem a Percussão (SPT)

Sondagem Mista (SM)

Sondagem Rotativa (SR)

Poço de Inspeção de Pavimento (PI)

Ensaios de Umidade e Densidade in-situ

Coleta de Amostras Indeformadas e Deformadas

Ensaios de Laboratório

Preparação de amostras para ensaios de compactação, caracterização e umidade

Ensaios de Limite de Liquidez (LL) e Plasticidade (LP)

Determinação da Densidade Real dos Grãos

Análise Granulométrica (Peneiramento e Sedimentação)

Ensaio de Compactação (Proctor Normal, Intermediário e Modificado)

Determinação do Índice de Suporte Califórnia (CBR)

Classificação MCT (Miniatura Compactado Tropical)

Ensaio de Cisalhamento Direto

Controle Tecnológico

Camada Final de Terraplanagem

Controle de Deflexão de Camadas com Viga Benkelman

EN

O futuro não é o lugar para onde estamos indo, mas o lugar que hoje estamos construindo.

by Lúcia Helena

Toggle nav

Sondagem a Percussão (SP) - Procedimentos - Execução com qualidade, eficiência e segurança.

foto - Sondagem a Percussão (SP) - Procedimentos - Execução com qualidade, eficiência e segurança. por Equipe de Campo em 06/11/2018
255 17

A sondagem deverá ser iniciada só após a limpeza de uma área que permita o desenvolvimento de todas as operações sem obstáculos e a abertura de um sulco ao seu redor para desviar as águas de enxurradas. Quando for necessária a construção de uma plataforma, esta deverá ser totalmente assoalhada e cobrir, no mínimo a área delimitada pelos pontos de fixação do tripé. Nos centros urbanos, deve-se montar uma estrutura que permita o total confinamento da equipe e dos equipamentos na área em que será executada a sondagem, que garanta segurança aos transeuntes e condições de trabalho à equipe.

Junto ao local de execução do furo, deverão ser cravados um piquete e uma estaca com a identificação da sondagem. O piquete servirá de ponto de referência para medidas de profundidade e para amarração topográfica. 

As sondagens deverão ser iniciadas utilizando-se o trado concha até onde possível, passando-se a utilizar o trado helicoidal, quando se tornar possível o avanço com trado de concha.

A perfuração acima do lençol freático deverá ser feita com trado, exceto no caso de se encontrar material impermeável à perfuração.

No caso de ser atingido o lençol freático, ou quando o avanço do trado helicoidal for inferior a 5 cm em 10 minutos de operação contínua de perfuração, poderá se passar para o método de percussão com circulação de água (conhecido como método de lavagem). Para tanto, é obrigatória a cravação de revestimento.

Quando o avanço se fizer por lavagem, deve-se erguer o sistema de circulação de água a 30 cm a partir do fundo do furo. Durante sua queda livre, deve-se imprimir, manualmente, um movimento de rotação no hasteamento.

Os detritos pesados, não carreados com a circulação de água, deverão ser retirados com bomba-balde (conhecido como baldinho) munida de válvula de pé. 

O controle das profundidades do furo, com precisão de 1 cm deverá ser feito pela diferença entre o comprimento total das hastes com a peça de perfuração e a sobra delas, em relação ao piquete de referência fixado junto à boca do furo.

No caso de a sondagem atingir o nível freático, a sua profundidade deverá ser anotada. Deve-se garantir a estabilização do nível de água encontrado com leituras a cada 5 minutos, durante 30 minutos. O nível de água estará estabilizado quando obtiver 3 leituras consecutivas em intervalos de tempos iguais.

Quando ocorrer artesianismo não surgente, deverá ser registrado o nível estático; no caso de artesianismo surgente, deverão ser realizadas medidas e é preciso indicar a profundidade de interceptação da água.

Os níveis de água e as vazões deverão ser medidos todos os dias, antes do início dos trabalhos e na manhã seguinte à conclusão da sondagem. A critério da fiscalização, a última medida poderá ser feita seis horas antes de concluída a sondagem.


Precisando de sondagem? 

A Suporte pode te ajudar! Solicite um orçamento através do e-mail: orcamento@suportesolos.com.br


Bibliografia recomendada:

ABNT NBR 6484/01 - Solo - Sondagens de simples reconhecimentos com SPT - Método de ensaio: acesse aqui


Referência Bibliográfica:

Manual de Sondagens/ Coordenador Ivan José Delatim; comissão coordenadora Elisângela Oliveira [et al.]. 5.Edição, São Paulo: ABGE - Associação Brasileira de Geologia de Engenharia e Ambiental, 2013.


Leia também:

Sondagem a Percussão (SP) - Equipamentos e Ferramentas - itens necessários.: acesse aqui

Sondagem a Percussão (SP) - Identificação dos furos - Como fazer de forma padronizada?. acesse aqui 

Sondagem a Percussão (SP) - Ensaio SPT - A técnica mais popular de investigação geotécnica.acesse aqui.

Sondagem a Percussão (SP) - O que é? Qual é Norma (ABNT) de Referência?acesse aqui.

Sondagens a Percussão (SPT), preciso mesmo fazer?: acesse aqui

Alerta: Cuidado ao contratar serviços de sondagem!: acesse aqui



Leave a comment