cisalhamento do solo

ensaio de compressão

Sondagem de Solo

Sondagens e Ensaios de Campo

Sondagem a Trado (ST) com coleta de amostra

Sondagem a Percussão (SPT)

Sondagem Mista (SM)

Sondagem Rotativa (SR)

Poço de Inspeção de Pavimento (PI)

Ensaios de Umidade e Densidade in-situ

Coleta de Amostras Indeformadas e Deformadas

Ensaios de Laboratório

Preparação de amostras para ensaios de compactação, caracterização e umidade

Ensaios de Limite de Liquidez (LL) e Plasticidade (LP)

Determinação da Densidade Real dos Grãos

Análise Granulométrica (Peneiramento e Sedimentação)

Ensaio de Compactação (Proctor Normal, Intermediário e Modificado)

Determinação do Índice de Suporte Califórnia (CBR)

Classificação MCT (Miniatura Compactado Tropical)

Ensaio de Cisalhamento Direto

Controle Tecnológico

Camada Final de Terraplanagem

Controle de Deflexão de Camadas com Viga Benkelman

EN

O futuro não é o lugar para onde estamos indo, mas o lugar que hoje estamos construindo.

by Lúcia Helena

Toggle nav

Sondagens e Ensaios Geotécnicos: Garantia de Segurança.

foto - Sondagens e Ensaios Geotécnicos: Garantia de Segurança. por Departamento Técnico em 23/03/2018
255 17

É imprescindível dizer sempre nesse Blog, que o estudo do solo é um requisito prévio para o projeto de qualquer obra, sobretudo para as de grande porte. Ter o conhecimento da formação geológica do local, o estudo das rochas e solos, bem como a verificação da presença e posicionamento do lençol freático, são fatores fundamentais, quando se pretende construir uma obra de engenharia.

É do conhecimento dos profissionais da área que, o solo na sua maioria favorece o uso de fundações profundas e que todas as fundações - sejam elas, rasas ou profundas -  são elementos estruturados, destinados a transmitir as cargas da estrutura para o solo, porém para quantificar os parâmetros geométricos destas peças, e para defini-los é necessário o conhecimento das características do solo.

O solo varia de região para região, dentro do próprio lote podem ocorrer variações bruscas de composição e resistência do solo, daí a importância de seguir os procedimentos normatizados para ter uma representação fiel do subsolo em estudo.

Uma obra executada sem o conhecimento prévio do subsolo implica na adoção de uma fundação que nem sempre é a que melhor se adapta a ela tecnicamente e economicamente, o que poderá trazer sérios problemas a curto prazo, tanto para a obra como para o responsável técnico.

É muito comum, ouvirmos o relato de casos em que a ausência de técnicas e de profissionais qualificados causaram atrasos e aditivos em obras ou até mesmo, grandes desastres. A sondagem do solo permite conhecer a fundo o terreno e analisar a capacidade desse para receber as cargas dimensionadas, evitando recalque ou desabamentos e, também permite eleger exatamente o melhor tipo de fundação a ser feita.

De acordo com Sowers (1979), ''o custo total de uma investigação adequada oscila, com as sondagens no campo e os ensaios de laboratório, entre 0,05 a 0,2% do custo total do empreendimento. Em situações extremamente adversas tais custos podem subir para 0,5 a 1%.''

A nossa certeza é a de que o custo de uma investigação inadequada é muito maior pois pode resultar em soluções bem mais caras e/ou em problemas de estabilidade (manutenção ao longo do tempo) e risco para a obra (segurança).


Referências Bibliográficas

Sowers, G.B. e G.F. Sowers, 1961, 1970, 1979, ''Introductory Soil Mechanics and Foundations'', 2ª, 3ª e 4ª edições, The MacM illan Co., EUA.



Leave a comment