cisalhamento do solo

ensaio de compressão

Sondagem de Solo

Sondagens e Ensaios de Campo

Sondagem a Trado (ST) com coleta de amostra

Sondagem a Percussão (SPT)

Sondagem Mista (SM)

Sondagem Rotativa (SR)

Poço de Inspeção de Pavimento (PI)

Ensaios de Umidade e Densidade in-situ

Coleta de Amostras Indeformadas e Deformadas

Ensaios de Laboratório

Preparação de amostras para ensaios de compactação, caracterização e umidade

Ensaios de Limite de Liquidez (LL) e Plasticidade (LP)

Determinação da Densidade Real dos Grãos

Análise Granulométrica (Peneiramento e Sedimentação)

Ensaio de Compactação (Proctor Normal, Intermediário e Modificado)

Determinação do Índice de Suporte Califórnia (CBR)

Classificação MCT (Miniatura Compactado Tropical)

Ensaio de Cisalhamento Direto

Controle Tecnológico

Camada Final de Terraplanagem

Controle de Deflexão de Camadas com Viga Benkelman

EN

O futuro não é o lugar para onde estamos indo, mas o lugar que hoje estamos construindo.

by Lúcia Helena

Toggle nav

NOVIDADE: Sistema de Monitoramento de Taludes e de Contenção

foto - NOVIDADE: Sistema de Monitoramento de Taludes e de Contenção por Departamento Técnico em 01/11/2016
255 17

Conheça a mais nova plataforma desenvolvida pela Suporte para auxiliar concessionárias e órgãos públicos de rodovias e de ferrovias na Gestão e na Análise de Risco de seus Taludes e de suas estruturas de Contenção.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) exigem, das concessionárias federais e estaduais, a Implantação de um Sistema de Monitoramento de Taludes e de Contenções que disponibilize para as agências, com frequência anual, as seguintes informações:

  • Fichas de Monitoramento;
  • Definição do Nível de Risco a cada ano;
  • Emissão de Relatório anual com os Resultados do Monitoramento.

As agências indicam, como referência bibliográfica para caracterizar a gravidade da situação, o Manual de Geotecnia do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER/SP), documento técnico, intitulado como ''Talude de Rodovias - Orientação para Diagnóstico e Soluções de seus Problemas''.

Em seu Manual de Geotecnia, o DER/SP indica algumas etapas a serem seguidas para elaborar o Planejamento de Conservação de Taludes Rodoviários, sendo elas:

A) Cadastramento: levantamento baseado na observação visual dos diversos locais, ao longo de cada rodovia, que apresentem indícios de instabilização (processos erosivos, de movimentação de massa, recalques) e que possam representar perigo para o tráfego;

B) Gravidade da Situação: uma vez identificado e cadastrado o terrapleno, procura-se avaliar a gravidade da situação para o tráfego, de acordo com os seguintes níveis de risco:

  • Nível 0 - O local encontra-se estabilizado, não oferecendo perigo para o tráfego;
  • Nível 1 - O problema encontra-se em estágio inicial de evolução, podendo oferecer perigo a longo prazo para o tráfego;  
  • Nível 2 - O problema está em evolução, oferecendo perigo a curto ou médio prazo para o tráfego; 
  • Nível 3 - O problema está em evolução, oferecendo perigo imediato para o tráfego.

C) Priorização: para facilitar a priorização, sugere-se que as informações contidas nas fichas sejam sintetizadas em um quadro resumo. É interessante que os locais sejam associados com os níveis de gravidade de cada talude cadastrado;

D) Informações Disponíveis: as informações disponíveis são suficientes para o entendimento geotécnico do problema? A maior quantidade possível de elementos, como a caracterização geológica-geotécnica e o diagnóstico de cada talude, são fundamentais para subsidiar as análises geotécnicas;

E) Investigações: em certas situações, as informações disponíveis podem não ser suficientes para o entendimento do problema, sendo necessárias investigações complementares, tais como: sondagens e ensaios de laboratório.


A Plataforma de Monitoramento de Taludes e de Contenção


Figura 1. Imagem do Sistema desenvolvido pela Suporte para Monitoramento de Taludes e de Contenção.



A plataforma desenvolvida pela Suporte auxiliará os gestores responsáveis pelo monitoramento de Taludes e de Contenções no cumprimento de todas as etapas indicadas no Manual de Geotecnia do DER/SP, e ainda melhor, com alguns diferenciais exclusivos, como o georreferenciamento de cada terrapleno cadastrado, 'dashboard' com a análise estatística dos dados e também fornece informações com relação a previsão do tempo.

O nosso sistema permite:

1) O Georreferenciamento sobre o Google Maps das Fichas de Monitoramento e dos Registros Fotográficos, em formato galeria, de todas as fotos capturadas pelos técnicos durante as vistorias realizadas para Cadastramento (A) dos terraplenos;

2) Armazenamento em nuvem das Fichas de Monitoramento e dos Registros Fotográficos, o que preserva o histórico, garante a segurança dos dados e permite o acesso aos dados de qualquer local com acesso à Internet; 

3) O Sistema ordena os terraplenos por Gravidade da Situação (B) ou Nível de Risco, o que auxilia os gestores na Priorização (C) das ações e na elaboração de seus planos de trabalho;

4) A plataforma, por estar vinculada ao nosso Sistema Maps, permite consultar as Informações Disponíveis (D) e programar, se houver necessidade, as Investigações (E) necessárias (sondagens e ensaios) para melhor entendimento do problema;

5) É possível armazenar os resultados das análises de estabilidade. O sistema permite inserir o resultado do Fator de Segurança (FS) obtido em cada terrapleno em dois cenários ou em duas etapas de estudo: com dados de sondagem (FS sondagens); e com resultados dos ensaios especiais (FS ensaios).

  • FS sondagensutiliza as informações das sondagens disponíveis, a experiência do geotécnico e referências bibliográficas para definir os parâmetros geotécnicos (coesão e ângulo de atrito) e calcular o fator de segurança; e
  • FS ensaios: emprega nas análises de estabilidade e no cálculo do fator de segurança, parâmetros geotécnicos determinados em laboratório,  ou seja, após a execução de ensaios especiais.

Quer saber mais?

Acesse o site de divulgação da plataforma e inicie o monitoramento de seus taludes e de suas contenções. A Suporte disponibiliza, sem qualquer custo, 150 Mb (megabytes) de espaço para a sua empresa. Não perca tempo, aproveite o espaço gratuito e comece a utilizar a plataforma agora mesmo!



Leave a comment