cisalhamento do solo

ensaio de compressão

Sondagem de Solo

Sondagens e Ensaios de Campo

Sondagem a Trado (ST) com coleta de amostra

Sondagem a Percussão (SPT)

Sondagem Mista (SM)

Sondagem Rotativa (SR)

Poço de Inspeção de Pavimento (PI)

Ensaios de Umidade e Densidade in-situ

Coleta de Amostras Indeformadas e Deformadas

Ensaios de Laboratório

Preparação de amostras para ensaios de compactação, caracterização e umidade

Ensaios de Limite de Liquidez (LL) e Plasticidade (LP)

Determinação da Densidade Real dos Grãos

Análise Granulométrica (Peneiramento e Sedimentação)

Ensaio de Compactação (Proctor Normal, Intermediário e Modificado)

Determinação do Índice de Suporte Califórnia (CBR)

Classificação MCT (Miniatura Compactado Tropical)

Ensaio de Cisalhamento Direto

Controle Tecnológico

Camada Final de Terraplanagem

Controle de Deflexão de Camadas com Viga Benkelman

EN

O futuro não é o lugar para onde estamos indo, mas o lugar que hoje estamos construindo.

by Lúcia Helena

Toggle nav

Sondagem a Percussão (SP) - Identificação dos furos - Como fazer de forma padronizada?

foto - Sondagem a Percussão (SP) - Identificação dos furos - Como fazer de forma padronizada? por Equipe de Campo em 05/11/2018
255 17

As sondagens a percussão devem ser identificadas pelas letras SP, seguidas de número indicativo. Em cada obra, o número indicativo deve ser crescente, independentemente do local, fase ou objetivo da sondagem. Sugere-se utilizar diferentes centenas na numeração para as mais diversas estruturas da obra. Exemplos:

  • Vertedouro: SP 201; SP 202; SP 203...;
  • Eclusa: SP 401; SP 402; SP 403...;
  • Barragem de terra: SP 201; SP 202; SP 203... etc.

Quando for necessária a execução de mais de um furo em um mesmo ponto de investigação, os furos subsequentes terão a mesma numeração do primeiro, acrescido das letras A,B,C etc.

No caso de prosseguimento da sondagem pelo método rotativo ou na alternância entre os métodos percussivo e rotativo, deverão ser empregadas as letras SM (Sondagem Mista) para identificar a sondagem. 

É importante ressaltar que cada sondagem deve ser identificada com uma nomenclatura unívoca, ou seja, o projetista deverá, no momento da programação, atentar-se para definir um nome exclusivo para cada unidade programada. Dessa forma, garante que não ocorrerá repetição de nomenclatura na campanha de investigações a ser executada. Como dissemos acima, a Sondagem a Percussão deve trazer a Sigla SP para que seja facilmente identificada, sendo recomendado também o uso de séries (0, 100, 200, 300...), acrescido ao nome de cada sondagem. Essa sugestão servirá para padronizar esse procedimento e deverá ser utilizado, quando ocorrer a necessidade de executar uma nova campanha em uma obra/local onde a executora já foi mobilizada. 

Exemplo: SP-001 até SP-0xx (campanha inicial); SP-101 até SP-1xx (segunda campanha); SP-201 até SP-2xx (terceira campanha) e assim sucessivamente.


Precisando de sondagem? 

A Suporte pode te ajudar! Solicite um orçamento através do e-mail: orcamento@suportesolos.com.br


Bibliografia recomendada:

ABNT NBR 6484/01 - Solo - Sondagens de simples reconhecimentos com SPT - Método de ensaio: acesse aqui


Leia também:

Sondagem a Percussão (SP) - Ensaio SPT - A técnica mais popular de investigação geotécnica.acesse aqui.

Sondagem a Percussão (SP) - O que é? Qual é Norma (ABNT) de Referência?acesse aqui.

Sondagens a Percussão (SPT), preciso mesmo fazer?: acesse aqui

Alerta: Cuidado ao contratar serviços de sondagem!: acesse aqui

Qual a diferença entre os tipos de Sondagens?: acesse aqui



Leave a comment